Arquivo do autor:André Rocha

A vida, essa tragédia

Todo adolescente que gosta de rock sonha em ser guitarrista. Todos menos eu. Um pouco antes de entrar na adolescência já ouvia rock e cresci com esse gênero como trilha sonora. Os meus poucos amigos que compartilhavam o mesmo gosto … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | 1 Comentário

Sobre

“Os personagens e as situações desta obra são reais apenas no universo da ficção; não se referem a pessoas e fatos concretos, e sobre eles não emitem opinião” “Eventuais semelhanças com fatos, pessoas e lugares da vida-como-ela-é serão nada mais … Continuar lendo

Publicado em Contos | Deixe um comentário

Ao revés do papel

Em função de muitas mudanças estou afastado da internet, mas pretendo voltar muito em breve. Às vezes a vida é assim. Os reveses dessa vida que se faz de louca e nos leva junto acabam sendo mais fortes do que … Continuar lendo

Publicado em Não categorizado | Marcado com , , | Deixe um comentário

São demais os perigos desta vida

Já está no ar o blog “São demais os perigos desta vida” (http://perigosdestavida.blogspot.com.br/)! Essa história em quadrinho é um trabalho com o meu querido irmão Thiago Del Ponte ( http://thiagodelponte.blogspot.com.br/). Entrem lá! Espero que gostem, que cometem, que divulguem!rs Abraços!

Publicado em Comunicado | Marcado com , , | Deixe um comentário

Denise na A MARgem

Rapaz, enviei um conto pra Revista Eletrônica de Ciências Humanas, Letras e Artes da Universidade Federal de Uberlândia – Revista A MARgem, UFU. (http://www.mel.ileel.ufu.br/pet/amargem/) e esqueci completamente. E não é que foi aprovado e publicado? Segue o link do conto … Continuar lendo

Publicado em Contos, Publicações | Marcado com , , | Deixe um comentário

Expectativas

Parou ao lado do carro, pegou o celular do bolso, olhou as horas e pensou: “Acho que dá tempo de ver o show no SESC. Nem sou muito fã, mas é de graça e tô aqui pertinho”. Ponderou um pouco … Continuar lendo

Publicado em Contos | Marcado com | Deixe um comentário

12 horas

“Em 12 horas muda tudo…” Disse meu amigo. Lacônico e com o olhar distante. Imerso em uma tristeza que chegava a causar dor física. Nunca o havia visto desse jeito, assustei-me. 12 horas foi o tempo que ele viu passar … Continuar lendo

Publicado em Contos, Não categorizado | Marcado com | Deixe um comentário